Qual é o melhor sofá para quem tem gato?

por | jun 11, 2024 | brasil, mundo | 0 Comentários

Tipo de estofado ou formato do modelo não importa muito; o que faz a diferença é o tecido que você escolhe.

Gatos adoram afiar suas unhas no sofá e em outros móveis. “Sai daí!” é uma frase comum para quem tem um bichano desses em casa.

🐈 Isso acontece porque os gatos, mesmo domesticados, ainda exibem hábitos mais adequados ao ambiente selvagem, como a marcação de território. “Pelas marcas visuais dos arranhões, eles avisam os outros animais que aquele território já tem dono”, explica Janaina Duarte, coordenadora do curso de Medicina Veterinária da Faculdade Anhanguera.

Mas dá para facilitar a convivência entre os bichinhos e os tutores. Escolhendo um sofá com o tecido certo, é possível diminuir os arranhões.

Mas não se esqueça de sempre oferecer uma variedade de arranhadores adequados para o seu pet, já que esse hábito faz parte da rotina saudável dele. E nunca corte as unhas do gato sem ajuda profissional, pois pode machucá-lo e prejudicar seu bem-estar.

Abaixo, conheça alguns tecidos que são menos preferidos pelos animais. No fim da reportagem, veja opções de arranhadores e também de sofás feitos com os materiais recomendados, com preços entre R$ 1.000 e R$ 4.500, consultados em junho nas principais lojas on-line.

Outros guias

Qual tecido evitar?

A dica geral é fugir de tecidos de trama aberta, que são mais fáceis de desfiar, como o jacquard, o linhão e o chenille. Este último ficou em primeiro lugar na preferência dos felinos segundo a pesquisa do Grupo de Estudos Científicos Cão Cidadão, feita em 2019.

O linho, a seda e o veludo também devem ser evitados. “Embora esses três tipos de tecidos sejam de trama fechada, eles têm uma cobertura muito lisa, onde um fiozinho puxado pode destruir o sofá inteiro”, diz, em nota, a Fyne Decor.

Qual tecido buscar?

“Os tecidos impermeáveis são os mais indicados, visto que são praticamente impossíveis de serem arranhados”, explica Janaina Duarte, do curso de Medicina Veterinária da Faculdade Anhanguera.

acquablock e o gorgurão são exemplos desse tipo de tecido.

Os materiais que não desfiam facilmente também são indicados. “Tecidos como suede são menos atrativos aos gatos”, sugere Duarte. Outras opções que seguem essa linha são a lona, o brim e a sarja.

Como evitar que o gato arranhe o sofá

Para começar, espalhe alguns arranhadores pela casa para que o gato tenha opções atrativas além dos móveis. “É importante disponibilizar arranhadores verticais e horizontais e colocar próximos de locais de passagem, já que o arranhar deles é pra marcar território”, afirma Duarte.

Também é preciso prestar atenção ao tamanho do produto. “Se for um arranhador vertical, o ideal é que tenha ao menos uma vez e meia a altura do gato. E deve ser firme e não ficar balançando quando o ele arranhar”, explica a veterinária.

Se o pet continuar estragando os móveis, um período de adaptação pode ser necessário, com ajuda do tutor para que o animal entenda qual é o certo e o errado – mas nunca se deve brigar ou castigar o bichano.

“Punição causa traumas e é pouco efetiva. Prefira recompensar positivamente cada vez que ele usar o arranhador ao invés do sofá”, conclui Duarte.

font: g1.globo.com

0 comentários

Enviar um comentário